Judô da Paz

Judô da Paz

A UNESCO declarou o judô melhor esporte como formação inicial para as crianças e jovens 4-21 anos e uma prática regular em qualquer idade, permitindo uma “educação física integral”, promovendo, através do conhecimento do esporte, todas as possibilidades psicomotor (localização espacial, perspectiva, Ambidestria, lateralidade, jogando, puxar, empurrar, rastejando, pulando, rolando, caindo, coordenação conjunta e independente de ambas as mãos e os pés, etc.) e de relacionamento com outras pessoas, utilizando o jogo e a luta como um integrador dinâmico e introduzindo técnico-táticos de esportes de iniciação forma adaptada, além de buscar uma adequação geral, ideal.
O COI considerou o esporte mais completo e promove os valores da amizade, participação, respeito e esforço para melhorar.

O projeto Judô da Paz visa integrar jovens e adolescentes, cujas famílias possuem baixa renda e para aquelas que se encontram em situação de eminente risco social. A pratica do Judô é uma arte que combina o esporte com a educação. 

Uma grande vantagem do judô para Jovens não está apenas no fato de ser uma arte marcial japonesa com conceitos rígidos, mas em outros fatores ligados a aspectos educacionais e de formação do caráter.  O judô  tem como filosofia a transmissão de valores como respeito, disciplina e a superação, e prepara seus praticantes para resolver conflitos com sabedoria. O Judô da Paz quer criar um ambiente de aprendizado que possa desenvolver plenamente o potencial dos Jovens, objetivando a formação de cidadãos de bem e futuros profissionais de destaque. 

O projeto inicial esta sediado junto ao núcleo da Igreja Batista da Paz na região do Parque do Lago, na cidade de Várzea Grande. Sob a gestão do Pastor Ricardo Melo.

O Projeto Judô da Paz também esta integrado com a Igreja Batista da Paz da cidade de Campo Novo do Parecis. Pr. Heber. E também compões o projeto Cantinho da Paz na IBPAZ Costa Verde, Várzea Grande, sob a gestão do Pastor Moises.

 

 

Compartilhar:


FALE COM O LÍDER